O cronista imaginário

AGENDA CULTURAL

AGENDA | Encontro Imaginário na A Barraca

por Júlio Isidro

“APLAUSOS DE PÉ!!!!

Este encontro imaginário foi um encontrão. O Jesuíta padre António Vieira, maior orador e cultor da língua portuguesa foi muito mais longe do que um sermão aos peixes.

O Príncipe da política, oportunista e imoral disse coisas que parecem de hoje.

O tarado e cruel Nero, incendiou Roma, mas não acendeu um fósforo naquele palco.

Que texto, mais um, do Helder Costa, e que interpretações do produtor Carlos Fragateiro/ António Vieira, do coronel Carlos Matos Gomes/ Maquiavel e do Júlio Isidro/ Nero! No final, aplausos de pé, nós e o público que enchia a sala. De pé para irem para suas casas?! ….diz o cronista maledicente!”

Tanscrição de post de Júlio Isidro sobre o Encontro Imaginário

Vou incendiar a Barraca!Hoje sou Nero o pirómano nos encontros imaginários da Barraca.Vou-me confrontar com Maquiavel e o Padre António Vieira”. Júlio Isidro

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*